Clicky

(Este post é parte integrante da série “Detalhes que fazem a diferença”. Clique aqui para ler mais.)

Assim como no nosso artigo anterior sobre “pés cascudos“, cotovelos e joelhos encardidos e com excesso de pele grossa são visualmente terríveis e fisicamente desconfortáveis.

Também igualmente, manter a pele dos joelhos e cotovelos com aparência lisinha e sem manchas escurecidas depende de incorporar o hábito de tratá-los com carinho e frequência regular.

O que causa cotovelos e joelhos “encardidos”?

As causas destas manchas são diversas, mas a mais comum é o acúmulo de partículas de diversas substâncias (sujeira, terra, tintura de roupas, etc.) que “grudam” na pele ressecada da grossa camada de células mortas, associada à ausência de exfoliação regular e/ou higiene apropriada.

Veja: a pele nestas regiões é naturalmente mais grossa e abundante, para permitir flexibilidade de movimento e promover proteção. Durante o movimento da articulação esta pele estica e, em repouso, apresenta dobras.

Estas são também áreas frequentemente utilizadas como apoio. Bem, a fricção causada ao apoiar joelhos e cotovelos (além do contato com roupas, etc) começa a criar uma camada de pele morta grossa que, se não exfoliada, passa a se acumular. Esta pele resseca, aumenta a profundidade das dobras naturais e fica com uma textura áspera.

Não somente isso, mas partículas que entram em contato com a pele, penetram entre as dobras grudando como cola na pele seca. Isso acentua as manchas que são ainda mais visíveis quando braços ou pernas estão esticados, pois toda a pele está concentrada ali.

A combinação de todos estes fatores cria a aparência de pele encardida.

Agora a solução, em 2 partes:

Como clarear joelhos e cotovelos que já estão escurecidos:

Se a causa do seu problema é a descrita acima e a região já está escurecida, você vai precisar tratar a área seguindo os 4 passos abaixo:

  1. Exfolie! Se não quiser comprar um produto pronto, faça um exfoliante caseiro. Deixe a água do banho amolecer a pele e, no final, aplique a mistura sobre joelhos e cotovelos usando movimentos circulares. Não exagere na pressão, para não machucar a pele – o que pode causar o efeito contrário e escurecer ainda mais a pele. Você pode também usar uma bucha grossa para esta etapa, se preferir. Mas o exfoliante dá melhores resultados.
  2. Aplique um agente clareador: depois de sair do banho, aplique o suco de meio limão puro ou em combinação com óleo de côco orgânico e virgem (começando com o limão, depois passando o óleo sobre a região, pois você não vai conseguir misturá-los em uma pasta). Deixe agir sobre a pele por aproximadamente 15 minutos. Ambos estes ingredientes possuem propriedades clareadoras e o óleo de côco ajuda a hidratar a região, enquanto o limão é também um exfoliante natural, que irá agir mais profundamente do que o exfoliante grosso que você usou na primeira etapa. Para a aplicação do limão você pode usar um chumaço de algodão embebido no suco, seus dedos ou a própria polpa do limão diretamente esfregada sobre a pele em movimentos circulares. IMPORTANTE: Não exponha a pele ao sol durante esta etapa do tratamento! Limão sobre a pele em contato com o sol causa o efeito contrário e mancha a pele!
  3. Lave bem a região com um sabonete neutro, garantindo que não há resíduos deixados na pele.
  4. Proteja: A pele novinha que está agora exposta precisa de proteção pois, quando exposta ao sol, vai queimar mais facilmente. Use, então, um hidratante com protetor solar por alguns dias.

Como manter estas áreas saudáveis e sem manchas:

  • Exfolie com frequência regular. Ao tomar seu banho, lembre-se de dar atenção a estas áreas diariamente com uma buchinha e use um exfoliante mais potente de uma a duas vezes por semana, no máximo – dependendo da tolerência da sua pele.
  • Hidrate diariamente para manter a elasticidade da pele. Basta concentrar nos joelhos e cotovelos a aplicação do hidratante corporal que você já usa, até sentir que o produto foi completamente absorvido. Se sua pele for muito seca, use azeite de oliva ou o óleo de côco descrito acima, em substituição ou adição ao hidratante. E, no inverno, você pode também passar uma camada fina de vaselina sobre a pele destas regiões, impedindo a perda de hidratação.
  • Alternativamente, use um hidratante com alfa-hidróxi ácido (conforme explicado no artigo anterior) para promover uma exfoliação mais uniforme e profunda, caso note que a exfoliação física durante o banho não está sendo suficiente. Mas não exagere: exfoliação em excesso é nociva à pele. Restrinja o uso deste ingrediente a duas ou três vezes por semana.

Dica adicional:

Há cremes clareadores de uso prolongado que auxiliam, mas lembre-se de usá-los sempre sob protetor solar.

Claripel – pomada

Ambos os cremes citados aqui já foram por nós testados. Aliás, foram indicados por dermatologistas e sim, um profissional fará a melhor indicação para o seu caso.

Clariderm – pomada

Com todas essas dicas ficou fácil de incorporar mais estes cuidados à sua rotina!

VN:F [1.9.13_1145]
Deixe seu feedback sobre esta dica:
Rating: 5.0/5 (3 votes cast)
Como clarear cotovelos e joelhos "encardidos", 5.0 out of 5 based on 3 ratings

Gostou deste artigo? Veja outros artigos relacionados:

  • Outros artigos:

Texto de: Patricia Muller

Editora de conteúdo online e redatora, colunista e correspondente internacional da Revista 4 Patas. Formada em Comunicação Social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, com MBA em E-Business. Especialista em estratégias e gerenciamento de projetos para a web. Responsável pelos projetos 1001 Dicas Práticas e 101 Coisas em 1001 Dias.

Clique para ler os outros 31 artigos escritos por Patricia Muller no 1001 Dicas Práticas.

  • Pingback: 1001 Dicas Práticas » Blog Archive » Detalhes que fazem a diferença – A série

  • Neizilaneanjos

    gostei muito desse artigo.mais queria saber se essas dicas valem para pele que escureceram ao longo do tempo<por causa do sol.? obrigada

    VA:F [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • http://www.1001dicaspraticas.com/ Patricia Muller

      Olá,

      sim, ajuda, mas depende do que você chama de escurecimento. Se você tem manchas de sol, como se fossem sardas grandes, aí o tratamento de clareamento tem que ser feito com um dermatologista e ele vai indicar o melhor procedimento para clareamento – laser, produtos tópicos, etc. Mas Se for apenas um escurecimento homogêneo e superficial, este tratamento ajuda.

      VA:F [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • fabianahonorato

    Olá!

    Sabe que quando o dermatologista me receitou este tratamento em três situações diferentes: uma quando uma pomada para espinhas (acnase) manchou minha pele e outra para manchinhas de sol (eram manchas bem pequenas) e para os koelhos que ficaram manchados por sol e por causa do esporte que eu praticava que causava muito atrito naquela região do corpo.  Ainda segundo a médica, o tratamento é longo e deve ser SEMPRE feito com protetor solar. Pra mim, funcionou. 

    VA:F [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

VIDEO

TAG CLOUD

Parceiros